Bolsas

Câmbio

Wall Street cai e mercado digere efeito de vitória de Trump

Nova York, 9 Nov 2016 (AFP) - Wall Street opera em baixa nesta quarta-feira após a imprevista vitória de Donald Trump, mas a agenda econômica do presidente eleito dos Estados Unidos mitiga um pouco a incerteza inicial.

As ações caíram nas operações eletrônicas anteriores à abertura, mas uma vez iniciada a sessão entraram e saíram do território positivo. Vários analistas dizem que as promessas de Trump de baixar impostos e aumentar o gasto em infraestrutura podem impulsionar o crescimento da maior economia do planeta.

Cerca de 50 minutos após o início das operações o índice industrial Dow Jones caía 0,1%, o tecnológico Nasdaq, 0,6% e o S&P 500, 0,4%.

Analistas disseram que o resultado da eleição abre um período de incerteza, já que a campanha de Trump propôs decisões radicais; entre elas romper tratados comerciais, nomear um novo presidente do Federal Reserve e manter relações mais próximas com a Rússia.

JJ Kinahan, analista de mercado da TD Ameritrade, disse que o desenrolar das eleições provavelmente abre um período de volatilidade enquanto os mercados observam como Trump projeta sua política econômica.

"O que se promete na campanha e o que realmente acontece são duas coisas distintas", disse Kinahan. "De modo que continuaremos especulando até que ele que realmente assuma (no dia 20 de janeiro) e se instale o novo Congresso", disse.

"Hoje parece um dia ruim, mas não de pânico", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos