Bolsas

Câmbio

Uma pulseira de ouro, primeiro microconflito de interesse na era Trump

Nova York, 16 Nov 2016 (AFP) - A pulseira que Ivanka Trump escolheu para usar na primeira entrevista de seu pai, Donald, na televisão, como presidente eleito dos EUA, causou mal-estar quando sua marca de joias e de roupas usou o episódio para fazer propaganda do objeto.

O escândalo, que mostra os potenciais conflitos de interesse do governo Trump, surgiu com um breve e-mail com a menção "alerta moda" enviado na segunda-feira (14) pela empresa Ivanka Trump Fine Jewelry a vários jornalistas de moda.

A mensagem chamava atenção para a pulseira de ouro da coleção "Metrópole" usada por Ivanka no programa da CBS "60 Minutes".

A audiência média do programa é de 20 milhões de pessoas.

O "alerta moda" viralizou nas redes sociais e, rapidamente, vieram as críticas ao que seria o primeiro conflito de interesse para esse magnata que prepara sua transição para a Casa Branca. Trump assume em 20 de janeiro.

Ao ser procurada pela AFP para falar do assunto, a empresa de Ivanka Trump não se pronunciou.

De acordo com um diretor da marca citado pelo jornal The New York Times, o "alerta moda" foi enviado "por um funcionário de marketing com boas intenções, que seguiu o procedimento habitual e que, como muitos de nós, ainda está em adaptação pós-eleitoral".

Esse diretor disse que estão sendo discutidos "novos procedimentos" para serem seguidos no futuro.

Nas redes sociais, muitos ironizavam o contraste entre a joia e os eleitores esquecidos e desfavorecidos, os quais Trump prometeu representar.

Em julho, Ivanka já havia sido criticada por fazer publicidade de um vestido de sua marca, usado durante a Convenção Nacional Republicana, na qual seu pai foi oficialmente indicado candidato do partido à Presidência dos EUA. Logo depois do evento, ela tuitou um link para uma página da loja de departamentos Macy's, que vendia um similar.

Membro da equipe de transição do pai, Ivanka também é vice-presidente da Trump Organization, empresa que dirige todos os negócios de Donald Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos