Bolsas

Câmbio

Irã reitera que EUA 'violaram' compromissos e promete 'reação dura'

Teerã, 6 dez 2016 (AFP) - O presidente iraniano, Hassan Rohani, acusou nesta terça-feira os Estados Unidos de ter "violado" seus compromissos e prometeu uma "reação muito dura" de seu país, após a renovação nas últimas semanas das sanções americanas por dez anos.

Washington terá de "lidar com a nossa forte reação" por causa dessa "violação", advertiu Rohani, em um discurso na Universidade de Teerã.

"Estados Unidos (...) é nosso inimigo, não temos nenhuma dúvida sobre isso", disse ele.

Há "consenso" no Irã a este respeito e "não há diferença de opinião entre o governo, o Majlis (Parlamento) e o Guia" Ali Khamenei, de acordo com o presidente Rohani.

O Senado dos Estados Unidos acaba de aprovar por 99 votos a extensão por dez anos de sanções que não estão vinculadas ao acordo sobre o programa nuclear iraniano, assinado em 2015 entre o Irã e seis potências mundiais, incluindo os Estados Unidos.

A Câmara dos Deputados já votou em novembro essa extensão e o texto deve agora ser assinado pelo presidente Barack Obama.

O atual regime de sanções, que afeta entre outros os setores bancário, industrial, energético e de defesa, foi renovado a cada dez anos desde 1996, e terminou no final deste ano.

Os Estados Unidos suspenderam as sanções anti-iranianas ligadas à questão nuclear, mas impõem outras relacionadas, de acordo com Washington, aos direitos humanos e ao apoio de Teerã ao "terrorismo".

neg-an-stb/hj/me/mb/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos