Bolsas

Câmbio

BID: exportações latino-americanas fecham 2016 em queda de 6%

Washington, 12 dez 2016 (AFP) - As exportações latino-americanas devem encerrar 2016 em queda de 6%, o que significa um recuo menor do que no ano anterior, quando caiu 15% - aponta um estudo divulgado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) nesta segunda-feira (12).

De acordo com o estudo, a queda nas exportações da América Latina este ano equivale a US$ 50 bilhões. A região encerra agora seu quarto ano consecutivo de contração nas exportações.

De acordo com os especialistas do BID, as exportações dos países da América Latina e do Caribe para o mercado americano caíram 5% este ano, embora as vendas dirigidas para a própria região tenham recuado 11%.

Já as exportações latino-americanas para a China retrocederam 5% em 2016.

O coordenador do estudo, Paolo Giordano, disse que "uma aceleração da demanda de Estados Unidos e China pode sustentar as exportações da região".

Giordano apontou, porém, que "o ressurgimento de políticas comerciais protecionistas pode afetar o prognóstico", em uma referência indireta às declarações de campanha do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

O estudo indica que a deterioração dos preços dos produtos básicos "continuou sendo o fator principal do desempenho exportador da região", rica em insumos agrícolas, hidrocarbonetos e metais.

Esses produtos básicos chegaram, inclusive, a melhorar levemente em 2016, mas, em geral, "continuam estando abaixo dos níveis prévios à queda do final de 2014, com a exceção do açúcar e do ouro".

Em relação a 2017, o BID destacou que as perspectivas de uma reversão na tendência ao retrocesso nas exportações estão associadas a "uma continuação da melhora nas cotações dos preços dos produtos básicos".

Também mencionou a necessidade de uma "recuperação do comércio intra-regional".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos