Wall Street retoma alta estimulada por ações dos bancos

Nova York, 15 dez 2016 (AFP) - Wall Street retomou sua tendência de alta, nesta quinta-feira (15), impulsionada pelas ações dos bancos, depois que o Federal Reserve (Fed) aumentou as taxas de juros.

O índice industrial Dow Jones ganhou 0,30%, situando-se nos 19.852,24 pontos; o Nasdaq subiu 0,37%, nas 5.456,85; e o S&P 500, 0,39%, nas 2.262,03 unidades.

A decisão tomada ontem pelo Fed de aumentar as taxas causou imediatamente a maior queda da Bolsa desde a eleição americana de 8 de novembro. Mas, nesta quinta, os investidores voltaram a posições de compra, absorvendo a elevação das taxas e a alta do dólar, dois fatores que normalmente significam um problema para as empresas multinacionais.

"Voltamos para um lugar, no qual todos esperamos um clima a favor do crescimento econômico, a favor dos negócios e com regulamentações", disse o chefe de estratégias de mercado a Wunderlich Securities, Art Hogan.

As ações do setor financeiro subiram e arrastaram os demais. O banco JP Morgan Chase ganhou 1,7%; o Bank of America, 2,3%; e o Citigroup, 1,4%.

O mercado de títulos estava dividido. Às 19h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos subia a 2,602%, contra os 2,564% de quarta-feira, mas os bônus para 30 anos caíam a 3,128% contra os 3,177% anteriores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos