Bolsas

Câmbio

Credit Suisse pagará US$ 5,28 bilhões nos EUA por crise das subprime

Genebra, 23 dez 2016 (AFP) - O Credit Suisse vai pagar 5,28 bilhões de dólares como parte de um acordo com a justiça americana para encerrar processos relacionados à crise das hipotecas subprime, anunciou o banco suíço nesta sexta-feira.

"O Credit Suisse chegou a um acordo de princípio com o Departamento de Justiça (DoJ) dos Estados Unidos relativo a suas atividades de créditos hipotecários residenciais (RMBS), mantidas principalmente entre 2005 e 2007", explica o banco em um comunicado.

"Segundo os termos do acordo, o Credit Suisse deverá pagar uma pena civil de 2,48 bilhões de dólares. Além disso, nos próximos cinco anos deverá pagar aos consumidores 2,8 bilhões de dólares em compensações".

Para cobrir as compensações, o segundo maior banco suíço constituirá uma provisão adicional de dois bilhões de dólares, que devem ser acrescentados às reservas já previstas. O valor será contabilizado no quarto trimestre de 2016.

O acordo de princípio "libera o Credit Suisse de um eventual processo civil iniciado pelo DoJ a respeito da securitização, subscrição e emissão de RMBS (créditos imobiliários tóxicos convertidos em produtos financeiros)", explica o comunicado, antes de indicar que o conselho de administração do banco precisa validar o acordo com as autoridades americanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos