Bolsas

Câmbio

Milhares comparecem a festa de 15 anos de mexicana após convite viralizar

Villa Guadalupe, México, 27 dez 2016 (AFP) - Uma fila quilométrica de carros percorreu durante horas as colinas do norte do México para chegar aos 15 anos de Rubí, uma festa que tomou enormes proporções depois que seu convite viralizou nas redes sociais.

Cerca de 10.000 pessoas de diversas regiões do país compareceram na segunda-feira à convocação para a festa de Rubí Ibarra, que incluiu uma missa solene, um grande banquete e o tradicional "mole" mexicano, shows de bandas nortenhas populares e danças. Mas a "chiva", uma corrida de cavalos com apostas, deixou um morto e um ferido.

Diante do tamanho do evento, a festa precisou ser organizada em um terreno a céu aberto de vários hectares que foi preparado para a festa depois que 1,3 milhão de pessoas confirmaram sua presença no Facebook.

"Boa tarde a todos!", gritou sobre um grande palco com efeitos especiais e um telão a jovem de longos cabelos pretos e sorriso emoldurado por um aparelho dentário.

Em resposta, a multidão deu gritos de frenesi, enquanto vários jornalistas cercavam o palco para captar cada movimento da jovem.

Tendo o pôr do sol como pano de fundo e segurando rosas vermelhas na mão, Rubí dançou uma valsa com seu pai depois que um empresário anunciou que a presentearia com um carro novo.

Com um vestido elegante com brilhos prateados e flores vermelhas, a jovem sorria a todo momento, mas também demonstrava estar impressionada diante dos centenas de telefones celulares que a filmavam enquanto era coroada com um grande diadema de brilhantes.

- Como da família -A viralização do evento começou com um vídeo na internet no qual o pai de Rubí convidava "todos" à festa que daria para marcar a data em sua fazenda de La Joya, uma comunidade recôndita e humilde do município de Villa Guadalupe.

Em alguns dias, a festa de Rubí liderava a página Wikipedia de seu povoado e tinha seu próprio marcador de localização no Google Maps, enquanto uma onda de usuários no Twitter comentava a situação com piadas.

"Como convidaram todos, dissemos: 'Vamos!'", afirmou à AFP Tania Rodríguez, que viajou cinco horas a partir de Nuevo León junto ao seu marido e filho de dois anos.

"Com tudo isso que fizeram, já sentimos como se Rubí fosse da família", acrescenta o marido de Tania, Gonzalo Torres, antes de desaparecer para ir buscar mais cerveja.

No local pessoas vendiam comida e foram instaladas barracas com pirâmides de latas de cerveja. Muitas pessoas dançavam ou perambulavam com máscaras de Rubí, enquanto algumas crianças dormiam na terra, exaustas pela enorme festa que começou de manhã e se estendia até o início da noite.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos