Bolsas

Câmbio

Meirelles pede maior abertura econômica e diz não temer Trump

Davos, Suíça, 18 Jan 2017 (AFP) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pediu nesta quarta-feira em Davos uma maior abertura da economia brasileira e descartou que Donald Trump venha a ser um problema para a América Latina.

Para Meirelles, Trump também não será um problema para o Brasil, já que o país não é um grande exportador de produtos manufaturados para os Estados Unidos e nem dependente do grande fluxo de remessas de brasileiros que vivem em solo americano.

"Nosso modelo de exportações é bastante diversificado, exportamos a diversas regiões do mundo", recordou o ministro, explicando que a China já supera os Estados Unidos entre os parceiros comerciais do país.

Meirelles voltou a defender em Davos as reformas implementadas pelo governo e garantiu que, diferentemente de outros países do mundo, o Brasil não está se beneficiando dos resultados de uma globalização plenamente integrada.

O ministro reconheceu que o Brasil ainda tem uma economia fechada e disse que o objetivo agora é fazer as reformas básicas para que o país cresça a níveis mais altos e crie emprego.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos