Bolsas

Câmbio

Companhia espanhola encontra jazida de 1,2 bilhão de barris de petróleo no Alasca

Madri, 9 Mar 2017 (AFP) - A empresa de petróleo espanhola Repsol anunciou nesta quinta-feira ter encontrado um grande campo no Alasca com cerca de 1,2 bilhões de barris recuperáveis de petróleo leve, a descoberta mais importante da companhia desde 2009, segundo um porta-voz.

"A Repsol e seu sócio Armstrong Energy realizaram no Alasca a maior descoberta convencional de hidrocarbonetos alcançada nos últimos 30 anos em solo dos Estados Unidos", informou a empresa em seu comunicado.

A Repsol, que atua no Alasca desde 2008, encontrou o campo de petróleo ao explorar os poços chamados Horseshoe-1 e Horseshoe-1A, "perfurados na campanha de inverno" 2016-2017.

Os poços se encontram na formação geológica de Nanushuk, e a descoberta confirma a região "como uma de maiores potenciais" de hidrocarbonetos na zona conhecida como North Slope, no norte do estado americano do Alasca.

Em Horseshoe, a Repsol tem uma participação de 25%, enquanto a porcentagem restante corresponde a Armstrong Energia, atual operador.

A descoberta é uma boa notícia para a Repsol, que em 2016 voltou a ter lucros (1,736 bilhão de euros), depois das perdas do ano anterior de 1,2 bilhão de euros. A produção média diária em 2016 chegou a 690.000 barris de petróleo.

av-du/mck/jz/mr/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos