Maus hábitos alimentares relacionados a 400 mil mortes por ano nos EUA

Miami, 9 Mar 2017 (AFP) - Os maus hábitos alimentares podem ser responsáveis por mais de 400 mil mortes ao ano causadas por doenças cardíacas e relacionadas, disseram pesquisadores nesta quinta-feira.

O problema é duplo: os americanos estão consumindo comidas salgadas, gordurosas e açucaradas demais, e frutas, verduras e grãos integrais insuficientes, disseram especialistas em uma reunião da American Heart Association em Portland, Oregon.

"O baixo consumo de alimentos saudáveis como nozes, verduras, grãos integrais e frutas, combinado com uma maior ingestão de componentes pouco saudáveis na dieta, como o sal e as gorduras trans, é um fator importante nas mortes por doenças cardiovasculares nos Estados Unidos", disse o autor principal do estudo, Ashkan Afshin, professor de saúde global do Instituto de Medições e Avaliação de Saúde na Universidade de Washington.

As gorduras trans foram sendo eliminadas gradualmente, mas ainda podem ser encontradas em margarinas, biscoitos, sorvetes e outros alimentos industrializados.

"Nossos resultados mostram que quase metade das mortes por doenças cardiovasculares nos Estados Unidos pode ser evitada melhorando a dieta", disse Afshin.

O estudo se baseou em dados de diversas fontes que datam a partir da década de 1990, entre elas a pesquisa nacional sobre saúde e nutrição da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

Ao examinar os dados sobre as mortes por doenças cardiovasculares nos Estados Unidos em 2015, os pesquisadores descobriram que as escolhas alimentares incidiram nas mortes de 222.100 homens e 193.400 mulheres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos