Bolsas

Câmbio

Delta oferecerá até US$ 10 mil a passageiros voluntários em caso de overbooking

Nova York, 17 Abr 2017 (AFP) - A companhia aérea americana Delta Air Lines oferecerá até US$ 10 mil aos passageiros que estiverem dispostos a ceder seu assento voluntariamente em caso de overbooking, indicou a empresa à agência de notícias AFP nesta segunda-feira (17).

Esta decisão foi tomada após o polêmico caso da United Airlines que retirou um passageiro de forma brusca de dentro do avião, causando indignação internacional.

A partir de agora, a Delta recomenda aos agentes dos portões de embarque que ofereçam até US$ 2.000 ao passageiro que se oferecer para liberar seu assento em caso de overbooking, diante dos US$ 800  que oferecia antes.

Os supervisores, por sua vez, poderão oferecer até US$ 9.950 aos passageiros como forma de estimulá-los a ceder seu assento, contra os US$ 1.350 que podiam conceder até agora.

Desta forma, a Delta espera evitar incidentes como a violenta expulsão de David Dao, um médico de origem vietnamita residente nos Estados Unidos, que acarretou à United uma má publicidade, pedidos de boicote e queda de suas ações na Bolsa.

Questionada se os valores também podem ser oferecidos em voos no Brasil, a Delta informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que "os funcionários têm a autorização de oferecer isso, mas o montante da compensação para cada voo depende de muitos fatores, como o número de voluntários necessários, por exemplo". 

"Esta é uma política geral e a Delta não pode garantir com antecedência se ela se aplica ou não a determinada rota", informou a empresa. 

Brasil entra na rota do A380, maior avião comercial do mundo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos