Arranha-céus mais alto do mundo será concluído em 2019

Jidá, Arábia Saudita, 11 Mai 2017 (AFP) - O arranha-céus mais alto do mundo, em construção em Dubai, será concluído em 2019, um ano mais tarde que o previsto, declarou nesta quinta-feira seu incentivador, o príncipe saudita Alwaleed bin Talal.

A construção da Torre Jeddah começou há seis anos, e quando for inaugurado, sua altura vai superar os mil metros, superior à atual Burj Khalifa, também em Dubai.

"O projeto foi adiado (...), mas será inaugurado em 2019", explicou o príncipe à AFP durante uma visita às obras, às margens do Mar Vermelho.

Alwaleed preside a construtora Kingdom Holding, que lançou o projeto ambicioso, e que sofreu rapidamente os efeitos da crise dos preços do petróleo.

A queda da cotação do petróleo provocou quebras de empresas na Arábia Saudita, entre elas uma das construtoras implicadas na Torre Jeddah, o Binladin Group.

Esta companha foi fundada há mais de 80 anos pelo pai do falecido líder da Al Qaeda, Osama bin Laden.

O Binladin Group teve que demitir mais de 70.000 funcionários, um processo que se prolongou até o ano passado.

O Kingdom Holding conseguiu desbloquear a construção da Torre, que volta a avançar, explicou Alwaleed.

Em forma de espiral, a Torre Jeddah já tem 30 andares construídos.

it/dv/jz/gm/mvv

CITIGROUP

APPLE INC.

NEWS CORPORATION

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos