Bolsas

Câmbio

United Airlines faz seu último voo na Venezuela

Caracas, 30 Jun 2017 (AFP) - Um avião da United Airlines decolou do território venezuelano pela última vez nesta sexta-feira, ampliando a lista de companhias aéreas que deixaram de operar no país por causa de dívidas do Estado com as empresas.

O governo deve mais de 3,8 bilhões de dólares às companhias, informou uma fonte do setor.

O voo saiu do aeroporto de Maiquetía, de Caracas, em direção a Houston, no Texas. O piloto acenou pela janela com uma bandeira da Venezuela, recebendo aplausos dos funcionários na pista, como mostram vídeos que circulam na imprensa local.

A United Airlines decidiu, no começo de junho, suspender a única rota que ainda operava na Venezuela, alegando que ela já não trazia retorno financeiro.

As companhias aéreas internacionais têm dificuldade de ter lucros na operação no país devido ao controle de câmbios com que o governo monopoliza o acesso a divisas desde 2003.

A dívida do governo da Venezuela com a United, há 16 anos no país, supera os 123 milhões de dólares, disse à AFP Humberto Figuera, presidente-executivo da Associação de Linhas Aéreas da Venezuela (Alav).

"Voltaremos a nos ver", prometeu uma aeromoça aos passageiros do voo em um vídeo que viralizou nas redes sociais.

Segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), os fundos bloqueados de companhias aéreas na Venezuela chegavam a 3,8 bilhões de dólares no ano passado.

A Air Canada e a Aeroméxico suspenderam os voos à Venezuela em 2014. Alitalia aumentou a lista em 2015, e GOL, Latam e Lufthansa, em 2016.

As empresas aéreas que continuaram a operar no país - American Airlines, Delta, Air France e Iberia - diminuíram a frequência dos voos e o número de rotas.

"Esperamos que mais nenhuma companhia deixe o mercado, mas é difícil prever isso, não podemos ignorar que a crise econômica e política pode afastar sua vontade e desejo de permanecer operando", comentou Figuera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos