Bolsas

Câmbio

China anuncia falha no lançamento do foguete Longa Marcha 5 Y2

Pequim, 2 Jul 2017 (AFP) - A China anunciou o "fracasso" de um missão espacial para pôr um satélite de comunicação em órbita, pouco depois da decolagem de seu foguete Longa Marcha 5 Y2 neste domingo (2).

Com capacidade para transportar até 25 toneladas, o foguete decolou às 19h23 (8h23, horário de Brasília) do centro espacial de Wenchang, na ilha meridional de Hainan, segundo imagens transmitidas ao vivo pela agência de notícias Nova China na Internet.

Longa Marcha 5 Y2 leva a bordo o satélite de comunicação experimental Shijian-18 (7,5 toneladas).

"Várias anomalias aconteceram na pilotagem do foguete, e a missão de lançamento fracassou", informou a agência Nova China, pouco depois das 12h GMT (9h, horário de Brasília), acrescentando que será feita uma investigação para analisar os motivos da falha.

De acordo com a imprensa oficial, o objetivo desse satélite é melhorar o acesso à Internet e a recepção de canais de televisão no território chinês.

Em novembro de 2016, dessa mesma base espacial, Pequim fez decolar seu primeiro foguete Longa Marcha 5, então apresentado como o mais potente lançador da história da China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos