Bolsas

Câmbio

Entrega de gás russo à China via gasoduto deve começar em 2019

Moscou, 4 Jul 2017 (AFP) - A entrega de gás russo à China através do gigantesco gasoduto "Força Siberiana" deve começar em dezembro de 2019, anunciou nesta terça-feira o presidente da Gazprom, Alexei Miller.

"Foi fechado um acordo entre a Gazprom e o nosso sócio chinês, a CNPC, sobre a data para começarem as estregas gás pelo 'Força Siberiana'. Acordamos o dia 20 de dezembro de 2019", declarou Miller à imprensa.

Após dez anos de duras negociações, a gigante de energia Gazprom e a CNPC assinaram, em 21 de maio de 2014, um contrato de fornecimento de gás russo à China pelo gasoduto, estimado em cerca de 400 bilhões de dólares, em um período total de 30 anos.

Esse gasoduto, batizado de "Força Siberiana", vai conectar, através de mais de 4 mil km de tubos, os campos de gás da imensa República da Iakútia, na Rússia, e o Mar do Japão, assim como o leste da fronteira chinesa.

A Gazprom anunciou em várias ocasiões sua intenção de aumentar suas entregas na Ásia, um forte mercado com preços elevados, enquanto preserva suas relações com os clientes europeus.

or-pop/kat/me/acc/ll

GAZPROM

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos