Bolsas

Câmbio

Economia chilena cresce 1,3% em maio

Santiago, 5 Jul 2017 (AFP) - A economia chilena cresceu 1,3% em maio em relação ao mesmo mês do ano anterior, dentro das expectativas do mercado, informou nesta quarta-feira o Banco Central do país.

Em maio, a série com ajuste sazonal do Índice de Atividade Econômica Mensal (Imacec) - que faz uma précia do cálculo da variação do PIB -, aumentou 1,3%.

O resultado não surpreendeu o mercado, que antecipava uma expansão entre 1% e 1,5%. O resultado foi influenciado por uma queda na atividade mineira, compensada por um aumento do comércio e da indústria.

Em maio, o chamado "Imacec mineiro" caiu 4,6%, enquanto o Imacec não mineiro teve alta de 1,9%.

O Chile é o principal produtor mundial de cobre, com quase um terço da oferta, equivalente a 5,6 milhões de toneladas anuais.

O Banco Central chileno estimou para 2017 uma expansão da economia entre 1% e 2%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos