Bolsas

Câmbio

Petróleo tem forte baixa por medo de menor demanda chinesa

Nova York, 14 Ago 2017 (AFP) - O petróleo fechou em baixa nesta segunda-feira devido ao temor crescente de uma desaceleração da demanda chinesa.

O barril de "light sweet crude" (WTI) recuou 1,23 dólar, a 47,59, nos contratos para entrega em setembro negociados no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril do Brent do Mar do Norte para entrega em outubro fechou a 50,73 dólares, ao perder US$ 1,37 ante a sessão anterior.

O mercado se decepcionou quando a China informou que a demanda de julho foi menor que a do mês anterior e teme que isso se espalhe por outros países, explicou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

Sam Sinclair, da Inenco, também disse que "a desaceleração da atividade das refinarias chineses é vista como um barômetro fundamental da demanda asiática".

A demanda chinesa de petróleo é um dos fatores que costuma sustentar o mercado. Os investidores medem a saúde da economia da China, a segunda maior do mundo, em função de sua sede de petróleo.

David Madden, da CMC Markets, disse que os últimos indicadores mostraram que a produção industrial da China e o volume de investimentos recebidos foi menor do que se esperava, o que "nutriu temores de uma demanda mundial de petróleo fraca".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos