Bolsas

Câmbio

Trump está 'aberto' a eliminar teto da dívida do governo dos EUA

Washington, 7 Set 2017 (AFP) - Donald Trump afirmou, nesta quinta-feira, estar aberto a eliminar o teto do endividamento do governo federal, um assunto que costuma ser uma dor de cabeça para os presidentes dos Estados Unidos, mas defendido pelo partido republicano.

Pela segunda vez nesta semana, Trump foi contra o seu partido ao indicar que está aberto a eliminar todo limite ao "teto da dívida".

"Durante muitos anos se falou em eliminar totalmente o teto da dívida e há muitas boas razões para isso", afirmou o mandatário à imprensa na Casa Branca, antes de almoçar com o emir do Kuwait.

Trump disse que esse assunto foi abordado nesta quarta-feira, na reunião que teve sobre o assunto com os líderes dos partidos republicano e democrata.

O teto da dívida "complica as coisas. Realmente, não é necessário", afirmou.

A falta de acordos neste assunto já provocou ameaças de interrupção do funcionamento dos governos dos presidentes Barack Obama, Bill Clinton e George H.W. Bush.

Contudo, os republicanos alegam que esse teto do poder de endividamento federal é um freio ao gasto público e obriga o presidente a negociar com o Congresso reduções de gastos para elevar a capacidade de endividamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos