Bolsas

Câmbio

Wall Street interrompe sequência de recordes

Nova York, 6 Out 2017 (AFP) - Wall Street interrompeu, nesta sexta-feira (6), uma sequência de recordes, afetada pelos resultados pouco satisfatórios do relatório sobre emprego nos Estados Unidos, o que provocou resultados dispersos.

O índice Dow Jones recuou 0,1%, a 22.773,67 unidades, e o tecnológico Nasdaq teve alta de 0,7%, a 6.590,18 unidades, em seu sexto recorde consecutivo.

O S&P 500, muito controlado pelos investidores, caiu 0,1% e ficou em 2,549.33 unidades, rompendo a sequência de seis recordes seguidos - algo que não acontecia há 20 anos.

O mercado ficou inquieto quando o Departamento de Trabalho informou que, no mês passado, os Estados Unidos perderam 33.000 empregos por causa dos furacões. Outros dados do informe foram positivos, como a alta do valor da hora de trabalho.

Analistas disseram que o relatório deve ser analisado com cautela.

"Às vezes é preciso sentar e relaxar, e essa é uma dessas ocasiões", opinou o economista Joel Naroff.

"A queda na quantidade de empregos foi um resultado direto dos furacões e, no mês que vem, provavelmente as coisas voltam com força", completou.

As redes farmacêuticas CVS Health e a Walgreens Boots Alliance caíram quase 5% cada, em meio a rumores de que a varejista Amazon está interessada em entrar neste segmento do comércio.

O mercado de títulos fechou em baixa. O rendimento dos bônus do Tesouro americano a 10 anos subiu a 2,367%, ante 2,347% de quinta-feira, e o dos bônus a 30 anos, a 2,901%, contra 2,888% da véspera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos