PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Morgan Stanley é sustentado por grandes fortunas no 3º trimestre

17/10/2017 15h11

Nova York, 17 Out 2017 (AFP) - O banco de investimentos americano Morgan Stanley conseguiu limitar o impacto da queda das receitas gerados por seus operadores no terceiro trimestre, graças a um incremento das comissões cobradas por seus assessores a empresas e grandes fortunas.

A instituição, cuja sede fica em Manhattan, na Times Square, registrou lucro líquido de 1,7 bilhão de dólares, alta de 11,2% em relação a um ano antes, no trimestre encerrado em setembro.

O resultado se traduziu em lucro por ação ajustado de 93 centavos, superando os 81 centavos antecipados em média pelos analistas financeiros.

Impulsionada por comissões geradas por seus conselheiros de empresas e gestores de grandes fortunas, o volume de negócios aumentou 0,35%, a 9,2 bilhões de dólares, contra 9,01 bilhões esperados pelo mercado.

lo/ja/gm/ll/mvv

MORGAN STANLEY