Papais Noeis recebem últimas instruções antes de iniciar sua missão

Londres, 17 Nov 2017 (AFP) - "Ho Ho Ho!", repetem em uníssono. Com a aproximação do Natal, um grupo de Papais Noeis recebe em uma aula, em Londres, as últimas instruções para desempenhar o papel da figura tradicional que faz a alegria das crianças.

Um bom Papai Noel não improvisa, diz James Lowell, de 52 anos, que se orgulha de formar os melhores "bons velhinhos" em uma escola instalada em sua empresa de animação, a Ministry of Fun.

"É importante. As crianças vêm vê-lo porque ele é uma pessoa especial", afirmou. A ideia é que elas saiam satisfeitas após ficarem horas na fila para falar com ele, e o encontro deve ser "mágico", acrescenta este instrutor, que diz ficar escandalizado quando cruza com Papais Noeis usando calçados esportivos ou fumando.

Para começar, o traje precisa ser de boa qualidade. A vestimenta de veludo vermelho que os alunos usam custa 1.000 libras (1.120 euros), e a barba postiça é feita à mão, lembra Lowell.

Mas o hábito não faz o monge. É preciso caminhar balançando-se lentamente e carregado pelo peso da barriga, proferindo guturais "ho, ho, ho". Além disso, os Papais Noeis devem conhecer outros idiomas, para conversar com as crianças em muitas línguas, e saber de cor os nomes das nove renas que o ajudarão a distribuir os presentes na noite de Natal.

Há outras regras de ouro, como nunca perguntar a uma criança como ela se chama, se já escreveu sua carta e que presentes pediu, porque o Papai Noel já deveria saber as respostas. Também não se deve fazer promessas, para não atribuir compromissos aos pais e nem arriscar criar uma decepção.

- Figura simbólica -Na aula, um dúzia de aspirantes, fantasiados dos pés à cabeça, fazem anotações e reproduzem situações para saber como agir ante qualquer eventualidade, incluindo a pergunta mais famosa: "Você é o verdadeiro Papai Noel?".

Um bom São Nicolau tem que continuar o treinamento em casa, mantendo-se atualizado sobre novos brinquedos e videogames. "Temos que pesquisar para saber o que haverá nas prateleiras" das lojas, explicou Santa David, encantado de exercer "o ofício mais bonito do mundo" há 26 anos.

Desde 1998, cerca de 40 aspirantes ou Papais Noeis já formados passam pela escola a cada ano. Muitos são atores, mas também há ex-professores, que depois sairão às ruas de Londres e irão para as lojas que têm um cantinho reservado para o bom velhinho.

Para Santa Dan, que usa o uniforme vermelho e branco há 14 anos, "não há nada mais gratificante que ver a reação" das crianças.

Em geral, não dispõe de mais de três minutos para maravilhá-los, devido às longas filas. Apesar do traje pesado, o calor e o barulho das lojas, "é preciso saber manter a energia para fazer todas as crianças, da primeira à última, sentirem que são especiais", explicou Dan.

Segundo ele, a chave do sucesso desta figura é que ela transmite "generosidade" e "amabilidade".

"Ele se transformou em uma figura simbólica, mas não no sentido religioso. É uma figura que une todo mundo", sentenciou Lowell.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos