Bolsas

Câmbio

China propõe zona de livre-comércio com Celac, diz presidente do Uruguai

Montevidéu, 1 dez 2017 (AFP) - A China propôs criar uma zona de livre-comércio com os países da América Latina e do Caribe, integrados no âmbito da Celac - informou nesta sexta-feira (1º) o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez.

"Recebemos e estamos avaliando uma interessante proposta formulada pela China, que inclui ideias tão audazes e transformadoras quanto a formação de uma zona de livre-comércio de uma zona latina entre a Celac e a China", disse Vázquez, na inauguração da XI Cúpula Empresarial China-América Latina e Caribe, em Punta del Este, a 120 km de Montevidéu.

O presidente informou que os 30 países que integram a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) esperam chegar a um acordo sobre um plano de ação em uma reunião em janeiro no Chile.

Vázquez apontou que uma zona de livre-comércio implicaria intensificar a cooperação financeira e fortalecer a construção de infraestrutura na região.

Nesta sexta-feira e sábado, a reunião é o mais importante evento empresarial entre as duas regiões e recebe cerca de três mil participantes, entre representantes de governos, empresários e investidores latinos, caribenhos e chineses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos