Bolsas

Câmbio

Canadá: empresas dizem que renegociação do Nafta afeta negócios

Ottawa, 15 dez 2017 (AFP) - Um em cada quatro exportadores canadenses acreditam que a tensa renegociação do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta) está impactando as operações, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (15).

"Exportadores canadenses têm muitos motivos para temer e para inverter suas estratégias comerciais neste momento", disse a Export Development Canada, agência pública que divulgou os dados.

"A retórica anticomercial continua a dominar as manchetes, acordos comerciais gigantes estão sendo renegociados, ou afundados, e há uma ameaça em tempo real à relação do Canadá com seu maior parceiro comercial", disse a agência de exportação canadense, referindo-se aos Estados Unidos.

A pesquisa mostrou que 23% das empresas canadenses disseram estar se sentindo negativas sobre as negociações para o Nafta, o acordo com EUA e México.

Diante desta situação, 26% das companhias pesquisadas estão planejando transferir parte de suas atividades.

Quase um quarto delas estão tentando diversificar suas exportações, ou investimentos, para fora da América do Norte, enquanto 14% estão adiando investimentos e 13%, contratações.

Com a entrada em vigor do acordo com a UE, o CETA, em setembro, 18% das companhias disseram estar desenvolvendo novos produtos, serviços ou processos de produção para a Europa, enquanto 15% afirmaram que estão aumentando sua produção para ampliar o volume de exportações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos