Ações da GoPro despencam após anúncio de demissões e saída do mercado de drones

Nova York, 8 Jan 2018 (AFP) - As ações da GoPro caíram cerca de 25% nesta segunda-feira (8), após o anúncio de demissões e da saída do mercado de drones, depois de ter tido vendas decepcionantes no fim de ano.

A empresa de câmeras e tecnologia disse que vai cortar sua força de trabalho de 1.254 funcionários para menos de mil, além de ter anunciado a redução da projeção de vendas do quatro trimestre a 340 milhões de dólares - bem abaixo dos 474 milhões de dólares esperados por analistas.

Em meados da temporada de festas, a GoPro reduziu os preços de alguns dos seus modelos de câmeras, o que estimulou as vendas, mas diminuiu as margens de lucro, explicou o CEO Nicholas Woodman.

"Apesar de apoio significativo de marketing, vimos consumidores relutantes de comprar a HERO5 Black pelo menos preço que foi lançada um ano antes", disse Woodman, acrescentando que a empresa "está comprometida com uma virada nos negócios em 2018".

Woodman deve receber apenas 1 dólar de salário neste ano.

Apesar do drone Karma ser o número dois de sua faixa de preço, a companhia vai deixar o mercado de drones "extremamente competitivo", disse.

"Um ambiente regulatório hostil na Europa e nos Estados Unidos deve reduzir o mercado endereçável total nos próximos anos. Esses fatores tornam o mercado aéreo insustentável", afirmou.

GOPRO

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos