Bolsas

Câmbio

TransCanada abre caminho para construir polêmico oleoduto Keystone

Montreal, 18 Jan 2018 (AFP) - A TransCanada obteve contratos de abastecimento para 20 anos, o que lhe permitirá construir o polêmico oleoduto Keystone XL, que atravessará os Estados Unidos e o Canadá, anunciou a empresa nesta quinta-feira (18).

Os acordos lhe permitirão transportar cerca de 500 mil barris diários durante 20 anos - quantidade suficiente para confirmar a construção da tubulação que vai de Alberta, no Canadá, até o Golfo do México, nos Estados Unidos.

Em novembro, o estado de Nebraska, nos Estados Unidos, deu a permissão requerida para a construção, mas exigiu algumas alterações no trajeto original.

O Keystone estará conectado a uma rede de dutos já existentes nos Estados Unidos. Isso permitirá que o petróleo da mediterrânea Alberta chegue às refinarias do Golfo do México. A capacidade de transporte será de cerca de 830 mil barris.

O projeto foi lançado em 2008 e bloqueado por razões ambientais pelo então presidente Barack Obama. Seu sucessor Donald Trump liberou sua construção no ano passado.

"Agradecemos ao presidente Donald Trump e ao seu governo por seu apoio contínuo", disse em nota Russ Girling, presidente e CEO da TransCanada.

TransCanada

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos