Bolsas

Câmbio

Sauditas pedem cooperação de longo prazo a países 'Opep e não Opep'

Mascate, 21 Jan 2018 (AFP) - Primeiro exportador mundial de petróleo, a Arábia Saudita pediu neste domingo (21) a criação de um "marco de cooperação" de longo prazo entre os integrantes da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e de outros produtores não membros do cartel para apoiar os preços.

"Não temos que limitar nossos esforços [para as cotas de produção] em 2018. Temos que falar de um marco para nossa cooperação em longo prazo", disse à imprensa o ministro saudita de Energia, Khaled Al Faleh, antes de uma reunião ministerial de países Opep e não Opep em Omã.

Esse acordo de longo prazo não implicará necessariamente as mesmas cotas de produção que estão em vigor atualmente.

Segundo o ministro, o objetivo é "prolongar para além de 2018 o marco que estabelecemos, ou seja, a declaração de cooperação" entre países produtores da Opep e países não membros do cartel, como a Rússia.

str-oh/ras/iw/pc/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos