ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Países da Ásia-Pacífico concordam em buscar acordo comercial sem EUA

23/01/2018 17h46

Tóquio, 23 Jan 2018 (AFP) - Onze países da Ásia-Pacífico concordaram, nesta terça-feira (23), em alcançar um grande acordo comercial, a Parceria Trans-Pacífico (TPP), retomado após a saída dos Estados Unidos, segundo autoridades japonesas.

"Um acordo de princípio pelo TPP 11 finalmente foi assinado e os 11 países concordaram em seguir com os preparativos para assiná-lo", disse o ministro de Economia japonês, Toshimitsu Motegi, à imprensa.

"Isso marca uma nova era para nosso país e o futuro da região Ásia-Pacífico", acrescentou Motegi.

O acordo chegou após uma reunião de dois dias dos negociadores-chefes das 11 nações do TPP em Tóquio.

Os integrantes são Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura e Vietnã.

"Fizemos avanços significativos em pontos de disputa que identificamos à margem da cúpula da Apec (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, no Vietnã, em novembro passado)", disse um funcionário do governo canadense. "Desejamos assinar o acordo", afirmou.

Os 11 vão trabalhar para assinar um acordo final no começo de março, disse uma nota.

O acordo incluiria todos os compromissos do TPP original, exceto algumas cláusulas temporariamente suspensas e alguns questões remanescentes a serem concluídas.

O presidente americano deixou o TPP em janeiro do ano passado, chamando o acordo de "assassino de empregos" e lançando dúvidas sobre o futuro do pacto.

Diversos membros, contudo, lutaram para sua retomada após a saída dos Estados Unidos, sobretudo Nova Zelândia e Japão.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia