Bolsas

Câmbio

GE encerra 2017 com forte prejuízo, mas otimista para 2018

Nova York, 24 Jan 2018 (AFP) - A General Electric (GE) anunciou nesta quarta-feira que fechou 2017 com um grande prejuízo, devido a tributos pesados e dificuldades contúnuas na divisão de energia, mas o conglomerado industrial está moderadamente otimista para 2018.

"O nível da tesouraria supera nossas expectativas e continua melhorando", declarou o CEO John Flannery, tranquilizando acionistas em relação às suas remunerações futuras. Em novembro, a GE reduziu à metade seus dividendos.

A empresa prevê um lucro ajustado por ação, referência na América do Norte de rentabilidade, entre 1 e 1,07 dólar em 2018.

O otimismo se justifica pela demanda forte por suas tecnologias e equipamentos para as indústrias petroleira e médica.

Flannery também afirmou que as medidas adotadas recentemente - a eliminação de 12.000 vagas e a redução rigorosa das despesas operacionais - mostram os "primeiros avanços".

O prejuízo líquido foi de 9,82 bilhões de dólares no quarto trimestre de seu exercício e de 6,2 bilhões no conjunto do ano, detalhou o conglomerado industrial.

A empresa tinha registrado lucro líquido de 3,5 bilhões de dólares no quarto trimestre de 2016 e de 8,2 bilhões no conjunto de seu exercício.

lo/mml/cd/ll

GENERAL ELECTRIC

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos