ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Petróleo fecha em baixa

25/01/2018 19h31

Nova York, 25 Jan 2018 (AFP) - O preço do petróleo recuou em Nova York e Londres nesta quinta-feira, depois de declarações do presidente Donald Trump perto do fim da sessão defenderem "um dólar forte" derrubarem um mercado até então eufórico.

O barril de light sweet crude (WTI) para entrega em março recuou 10 centavos, a 65,51 dólares, no New York Mercantile Exchange (Nymex).

No Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, o barril de Brent do Mar do Norte também para março fechou a 70,42 dólares, queda de 11 centavos em relação a quarta-feira.

Em entrevista à emissora americana CNBC no Fórum de Davos, na Suíça, Trump afirmou ser favorável à moeda forte. "Em última instância, eu quero ver um dólar forte", disse.

A declaração fez a moeda americana ganhar força, tornando a compra de matérias-primas cotadas em dólar mais caras e menores atraentes.

As declarações de Trump "certamente influenciaram" os preços, destacou Kyle Cooper da IAF Advisors. "O mercado subiu muito recentemente, tem lógica recuar agora", acrescentou.

"Também é importante observar que as últimas cifras sobre a produção americana são muito impressionantes" e um fator que pesa contra os preços, comentou Cooper.

Os Estados Unidos extraíram em média 9,88 milhões de barris diários na semana passada, seu maior nível desde que são registrados esses dados, em 1983, segundo o Departamento de Comércio.

Mais Economia