Bolsas

Câmbio

Mnuchin reitera seu apoio a dólar forte

Washington, 30 Jan 2018 (AFP) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steve Mnuchin, reiterou nesta terça-feira, diante do Congresso, seu respaldo a "um dólar forte", depois de sugerir que o comércio americano seria favorecido se a divisa fosse "mais fraca".

"Apoio totalmente um dólar forte" porque "interessa ao país a longo prazo", explicou à Comissão Bancária do Senado.

O nível da moeda americana "a curto prazo não nos preocupa", disse quando explicou que suas declarações no Fórum Econômico Mundial em Davos, na semana passada, foram mal interpretadas.

Mnuchin disse, durante o encontro na Suíça, que um "dólar fraco" é bom para as exportações americanas.

Ele afirmou ao Senado que suas palavras não tinham "nenhuma intenção de fazer o dólar cair".

"Minha declaração foi muito equilibrada e precisa. A imprensa só anotou uma parte", criticou.

Suas palavras em Davos fizeram a moeda despencar ao seu menor nível em três anos em relação ao euro. Por isso, o presidente Donald Trump precisou insistir que o governo quer um dólar forte.

A moeda americana voltou a subir em seguida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos