Bolsas

Câmbio

México licita 19 blocos em leilão petroleiro milionário

México, 31 Jan 2018 (AFP) - Dezenove dos 29 blocos petrolíferos de águas profundas do México foram arrematados nesta quarta-feira (31), no maior leilão desde a abertura do setor ao investimento privado.

O governo mexicano agora espera 93 bilhões de dólares de investimento comprometidos por esses projetos, cifra superior aos cerca de 60 bilhões de dólares esperados de todos os leilões anteriores.

"Foi outra sessão bem sucedida para o setor petroleiro do México", disse em entrevista coletiva Aldo Flores, subsecretário de Hidrocarbonetos da Secretaria de Energia.

Flores acrescentou que existe um potencial de geração de 230 mil empregos nos primeiros 15 anos dos projetos e previu que, caso corra bem, o início da produção acontecerá em 2028.

A anglo-holandesa Shell foi a maior vencedora das disputas, com nove blocos, quatro deles com a estatal catariana Qatar Petroleum e outro com a estatal Petróleos Mexicanos (Pemex).

"Temos um programa ambicioso de perfuração agora, temos que começar a trabalhar", disse à imprensa Alberto de la Fuente, diretor da Shell no México.

"Continuaremos avaliando todas as rodadas", acrescentou, sobre a possível participação em mais licitações no país.

- Concorrência do Brasil -Especialistas consideram que o México compete com o Brasil - que também estimula a exploração privada de jazidas nas águas profundas do pré-sal - na atração de capital para a indústria petroleira.

"O Brasil é especialmente atrativo para as operadoras de águas profundas", disse à AFP Alejandra León, analista da IHS Markit.

O titular da entidade reguladora petroleira, Juan Carlos Zepeda, disse que o México sempre concorre com outros países e regiões pelos recursos.

"Em cada licitação, competimos com o mundo inteiro. As empresas internacionais que participam avaliam todas as oportunidades e todas as licitações, do Brasil, dos Estados Unidos, da África, ou do Oriente Médio", afirmou.

De la Fuente, da Shell, disse que "Brasil e México são diferentes", e por isso gosta de estar em ambos.

Algumas empresas que participaram desta licitação, como a britânica BP, também concorreram no recente leilão de outubro no Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos