Bolsas

Câmbio

BCE alerta que próxima crise pode ameaçar coesão da zona do euro

Frankfurt am Main, 2 Fev 2018 (AFP) - A zona do euro precisa acelerar suas reformas para evitar que a próxima crise ameace a coesão econômica e social, alertou nesta sexta-feira (2), um alto funcionário do Banco Central Europeu (BCE).

"Mesmo uma pequena desaceleração poderia causar custos econômicos e sociais significativos", disse Benoit Coeuré, membro do conselho de administração do BCE, em uma conferência em Liubliana, na Eslovênia, e alertou que isso poderia "colocar à prova novamente a coesão da união monetária".

Em 2017, o crescimento econômico da zona do euro atingiu 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB), o maior nível em dez anos.

Mas, apesar disso, "as falhas institucionais que causaram e fizeram durar a última crise ainda não foram resolvidas", advertiu Coeuré.

O BCE mantém as taxas de juros em níveis historicamente baixos e, desde 2015, adquiriu mais de 2,3 trilhões de euros em títulos, uma política que lhe permitiu apoiar o crescimento.

tgb-jpl/cfe/eb/pc/es/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos