Bolsas

Câmbio

Wall Street termina sem direção por fortes tensões comerciais

Nova York, 2 Mar 2018 (AFP) - Wall Street fechou em ordem dispersa nesta sexta-feira, após o estouro de uma disputa comercial entre Estados Unidos e o resto do mundo.

O índice industrial Dow Jones perdeu 0,29%, a 24.538,06 unidades, acumulando uma queda de 3,05% na semana. Já o tecnológico Nasdaq avançou 1,08%, a 7.257,87 unidades. O S&P 500 ganhou 0,51%, a 2.691,25 unidades, mas na semana perdeu 2,04%.

"Nada mudou realmente desde quinta-feira, a não ser o desfile de membros do governo americano na televisão, que se apresentaram às vezes com objetos de alumínio em suas mãos para tentar demonstrar que a instauração de tarifas não será dramática", disse Phil Davis, da PSW Investments.

"É totalmente falso, mas o mercado acabou acreditando", afirmou.

JJ Kinahan, da TD Ameritrade, avaliou que os mercados "se deram conta de que uma guerra comercial não fará bem a ninguém" e que as ameaças de represálias não são "por ora" mais que "som de fundo".

Em um mercado tenso, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos aumentou a 2,862%, contra 2,808% da véspera, e o dos bônus a 30 anos subiu a 3,138%, contra 3,083% da quinta-feira.

alb/jum/pb/dga/ll

TD AMERITRADE HOLDING

HARLEY-DAVIDSON

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos