Bolsas

Câmbio

Venezuela

Venezuela fixa em mil euros investimento mínimo para comprar criptomoeda

Caracas, 27 Mar 2018 (AFP) - O investimento mínimo para comprar o petro --a criptomoeda lançada pelo governo venezuelano diante dos problemas de liquidez e sanções dos Estados Unidos-- foi estabelecida em mil euros, segundo o site da moeda virtual.

"Leve em conta que o investimento mínimo é de mil euros para transferências bancárias", alerta o sistema, no qual é preciso se registrar para adquirir o petro em uma venda pública iniciada na semana passada. Os fundos devem ser transferidos a contas estatais em euros ou rublos.

O presidente Nicolás Maduro e altos funcionários esperam que o petro se torne um meio de pagamento de bens e serviços para os venezuelanos, mas o montante base de mil euros é inalcançável para a maioria.

Cerca de 13 milhões de trabalhadores recebem o salário mínimo --em uma população economicamente ativa de 19,5 milhões, segundo o governo. A renda é de 1.307.646 bolívares, equivalente a 4,5 euros no mercado negro e 21,3 na cotação oficial.

O bolívar se desvalorizou 93,2% desde 1º de fevereiro em meio à hiperinflação - estimada em 13.000% pelo FMI para 2018 - e à escassez de alimentos e produtos básicos. A idade mínima para comprar o petro é 18 anos.

Na semana passada, os Estados Unidos proibiram suas empresas e cidadãos de negociar essa criptomoeda, indicando que o governo de Maduro usa para driblar sanções financeiras contra a Venezuela e sua petroleira PDVSA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos