ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Wall Street fecha a semana em alta com recuperação tecnológica

29/03/2018 18h08

Nova York, 29 Mar 2018 (AFP) - Wall Street subiu nesta quinta-feira (29) depois que as empresas tecnológicas se recuperaram de suas oscilações de uma semana mais curta por causa da Páscoa.

O índice industrial Dow Jones Industrial Average ganhou 1,07%, a 24.103,11 pontos, enquanto o Nasdaq subiu 1,64%, a 7.063,45, e o S&P 500 avançou 1,38%, a 2.640,87.

"Os valores tecnológicos caíram fortemente nas duas sessões precedentes e se recuperaram, mas é prematuro determinar se é uma questão de alta técnica, ou uma recuperação mais sólida", afirmou cautelosamente Nate Thooft, da Manulife Asset Management.

As empresas tecnológicas agrupadas no S&P 500 subiram 2,17%, e seu aumento semanal foi de 1,71%.

A Amazon, que caiu muito na quarta e abriu em baixa nesta quinta depois das críticas do presidente Donald Trump, recuperou-se e ganhou 1,11%.

Durante o pregão, Trump afirmou que está preocupado, porque a gigante da Internet pagará poucos impostos, prejudicando outros varejistas.

"Ao contrário de outros, eles pagam pouco, ou não pagam impostos ao Estado e aos governos locais. Usam nosso sistema postal como seu rapaz de entregas (causando uma tremenda perda aos Estados Unidos) e estão colocando milhares de varejistas fora do negócio", afirmou no Twitter.

A sessão desta quinta fechou o primeiro trimestre de Wall Street e o Dow e o S&P 500 tiveram suas primeiras baixas nos últimos 10 trimestres. O Nasdaq obteve, porém, seu sétimo trimestre consecutivo em alta.

O otimismo da jornada foi atribuído a indicadores americanos animadores.

Os pedidos semanais de seguro-desemprego caíram em março nos Estados Unidos até seu nível mais baixo em 45 anos, surpreendendo os analistas que esperavam um leve aumento.

Em fevereiro, as rendas dos americanos cresceram mais do que os gastos, e a confiança dos consumidores se manteve em alta em março.

Em contraste, a atividade econômica na região de Chicago desacelerou seu crescimento em março, ao contrário do esperado pelo mercado.

Os bônus do Tesouro em dez anos baixaram seu rendimento a 2,738% contra 2,781% de quarta, e os bônos em 30 anos cederam a 2,974%, contra 3,021% do dia anterior.

alb/jld/cn/tt

MANULIFE FINANCIAL CORPORATION

AMAZON.COM

Mais Economia