ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

China vai à OMC contra taxas de EUA sobre produtos tecnológicos

05/04/2018 17h25

Genebra, 5 Abr 2018 (AFP) - A China apresentou nesta quinta-feira (5) uma queixa à Organização Mundial do Comércio (OMC) acerca das "medidas tarifárias visando produtos chineses" que os Estados Unidos pretendem colocar em prática.

A China tenta, assim, contestar "medidas tarifárias que os Estados Unidos pretendem impor sobre certos produtos originários da China em diversos setores, como o de maquinário, eletrônica, etc", destaca a delegação chinesa ao Sistema de Solução de Controvérsias da OMC.

O país se refere à lista provisória de produtos chineses importados suscetíveis de serem submetidos a novas taxas, publicada na quarta-feira por Washington.

Esta lista representa "aproximadamente 50 bilhões de dólares" de produtos importados, explicou nesta quarta-feira o representante comercial americano (USTR), Robert Lighthizer.

A lista americana contém cerca de 1.300 produtos, desde eletrônicos até peças de aviões, passando por satélites, medicamentos e maquinário. As tarifas, que seriam de 25%, ainda têm que ser aprovadas, e não poderiam entrar em vigor antes de maio.

Em resposta ao anúncio, a China denunciou "um comportamento totalmente infundado, tipicamente unilateralista e protecionista. Sua embaixada em Washington afirmou que Pequim utilizaria um procedimento de resolução de controvérsias na OMC.

No documento enviado ao órgão, a delegação chinesa estima ainda que as medidas que os Estados Unidos propõem "são incompatíveis com as disposições pertinentes dos acordos da OMC".

Mais Economia