Bolsas

Câmbio

Tarifas a produtos chineses não são 'carta de negociação', diz assessor de Trump

Washington, 6 Abr 2018 (AFP) - A ameaça americana de adotar tarifas sobre a importação de produtos chineses em até 150 bilhões de dólares não constitui apenas uma "carta de negociação", garantiu nesta sexta-feira (6) o assessor econômico do presidente Donald Trump, Larry Kudlow.

"Trump não está usando tarifas como uma carta de negociação, ele mesmo me disse. Algo tem que mudar", afirmou Kudlow à imprensa na Casa Branca.

Washington já anunciou tarifas por cerca de 50 bilhões e, nesta sexta, ameaçou novas barreiras alfandegárias por outros 100 bilhões.

arb-ahg/llu/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos