Bolsas

Câmbio

EUA exporta mais em março e reduz déficit comercial

Washington, 3 Mai 2018 (AFP) -

Os Estados Unidos reduziram seu déficit comercial em março pela primeira vez em sete anos, com exportações que alcançaram níveis recorde, informou nesta quinta-feira (3) o Departamento de Comércio.

A queda do déficit mensal poderia ser atribuída a um crescimento econômico maior que o esperado no primeiro trimestre e é anunciada em meio a enfrentamentos comerciais do presidente Donald Trump com União Europeia e China.

Exportações crescentes de petróleo - cujo preço melhorou - e de produtos agrícolas, assim como uma forte queda das importações, deixaram o déficit em 49 bilhões de dólares, 15,2% menos que em fevereiro e a maior redução em mais de dois anos.

Contudo, o déficit do primeiro trimestre é 18,5% maior que o do mesmo período do ano passado.

"Esses dados confirmam (...) que as exportações se recuperaram no fim do primeiro trimestre e que as importações tiveram forte queda, começando a reverter o impulso posterior aos furacões do ano passado, quando comerciantes tiveram que reconstruir seus estoques muito rapidamente", disse o analista Ian Shepherdson, da Pantheon Macroeconomics, em nota.

As exportações de bens e serviços chegaram ao novo recorde de 208,5 bilhões de dólares graças ao crescimento das vendas de petróleo e outros combustíveis, assim como de aviões e soja - uma oleaginosa sobre a qual paira a ameaça chinesa de tributação em represália às tarifas de Washington a produtos da China.

Já nas importações, os Estados Unidos pagaram menos a empresas estrangeiras por licenças de propriedade intelectual e compraram menos televisores, semicondutores e computadores. Tudo isso gerou uma queda de 1,8% nas importações mensais, a 257,5 bilhões de dólares.

As importações de carros, por sua vez, alcançaram o recorde de 31,3 bilhões.

O déficit de bens com a China caiu 11,5% em relação a fevereiro, a 25,8 bilhões de dólares - sem considerar variações sazonais.

vmt-dg/hs/gm/yow/ll

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos