ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Uber apresenta seus futuristas táxis voadores

08/05/2018 19h44

Los Angeles, 8 Mai 2018 (AFP) -

A Uber apresentou, nesta terça-feira, o protótipo de seu veículo voador, uma olhada ao programa com o qual espera transportar passageiros pelos ares em cinco anos.

Com uma linha futurista, a Uber mostrou um modelo do aparelho elétrico de decolagem vertical (VTOL, em inglês) que está desenvolvendo e que parece um híbrido entre o automóvel voador e o mini helicóptero.

"É um conceito de veículo, não existe nada ainda", disse à AFP Eric Allison, diretor do Uber Elevate, o programa aéreo da empresa, durante uma conferência de dois dias da empresa em Los Angeles.

A companhia de transporte espera que em um futuro próximo esses veículos sobrevoem metrópoles como Los Angeles, conhecida por seus eternos engarrafamentos.

"Assim como os arranha-céus aliviaram um problema de congestão residencial e comercial, o UberAIR também irá na vertical", disse Nikhil Goel, diretor de produtos do Uber Elevate. "Nosso objetivo é melhorar radicalmente a mobilidade global".

A Uber anunciou no ano passado que esperava fazer a primeira demonstração de seu protótipo em 2020 e a fase comercial três anos depois, com os Jogos Olímpicos de 2028 na mira.

Os voos teriam um piloto a princípio, embora a empresa não descarte uma automatização no futuro.

"Acreditamos que é possível reduzir os custos para que estes veículos sejam equivalentes a um automóvel", disse Allison, enquanto Goel explicou que a aeronave será totalmente elétrica - e consequentemente não poluente - e que poderá voar de 240 a 320 km/h com uma autonomia de 96 km.

Na conferência em Los Angeles, a Uber mostrou imagens de seus futuros aviões, dignos do filme de ficção científica de Ridley Scott "Blade Runner", ambientado na metrópole californiana.

Holen disse que as barreiras serão muito mais normativas sobre o trânsito no espaço aéreo. "A tecnologia já existe".

Foram apresentados protótipos da fabricante brasileira Embraer, da eslovena Pipistrel e da americana Karem Aircraft.

Uber - que anunciou uma nova aliança com a Nasa e outra com a Força Aérea dos Estados Unidos - mostrou também desenhos feitos por empresas de arquitetura dos "vertiportos", uma espécie de heliporto com várias plataformas situados no topo dos arranha-céus.

Elon Musk, fundador da Tesla, outro gigante do transporte no Vale do Silício, aposta em um método oposto ao da Uber para combater o trânsito em Los Angeles: um gigantesco sistema de túneis.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia