PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

S&P rebaixa a nota da Bolívia, mas melhora a perspectiva do país

24/05/2018 20h05

La Paz, 24 Mai 2018 (AFP) - A agência de classificação Standard and Poor's (S&P) rebaixou nesta quinta-feira a nota da Bolívia ao observar debilidades no perfil de suas contas externas.

"A posição externa da Bolívia se debilitou por déficits contínuos de conta corrente", disse S&P em um comunicado.

A nota da dívida, tanto na moeda nacional quanto estrangeira, caiu de "BB" a "BB-", mas a agência melhorou de negativa para estável a perspectiva devido à espera de que o PIB cresça 4,3% nos próximos 12 a 24 meses.

Esse crescimento será apoiado por um investimento público e consumo contínuos, graças a melhoria dos preços dos hidrocarbonetos, disse a S&P.

"A degradação (da nota da dívida) reflete nossa visão de que a posição externa da Bolívia se enfraqueceu", alertou a agência.

"O país acumulou grandes apoios externos e fiscais durante o período de altos preços das matérias-primas, no entanto, as menores receitas de exportação dos últimos anos contribuíram para o déficit comercial e em conta corrente, corroendo a posição externa do país", afirmou.

A S&P estima que a economia da Bolívia, altamente dependente de hidrocarbonetos, cresça 4,3% em 2018 contra 4,25% no ano passado.

"O desempenho tem sido, e esperamos que continue a ser, sustentado por altos investimentos públicos em setores estratégicos da economia. A inflação baixa, ajuda por uma taxa de câmbio estável com o dólar, deve apoiar o crescimento nos próximos dois anos", disse a agência de classificação.