Bolsas

Câmbio

México publica lista de produtos dos EUA que serão tarifados

México, 5 Jun 2018 (AFP) - Aço, carne de porco e maçãs estão entre os produtos americanos sobre os quais o México vai impor tarifas de entre 15% e 25%, como represália aos dos Estados Unidos ao aço e ao alumínio.

Como resultado da "adoção unilateral" dos Estados Unidos, o México "tem direito de impor medidas que tenham efeitos comerciais substancialmente equivalentes", afirmou o Ministério da Economia no Diário Oficial da Federação.

Na lista de produtos americanos estão queijos de qualquer tipo, ralado ou em pó, maçãs, mirtilos, uísque, carne suína, uvas e produtos de aço e alumínio, como ligas revestidas e tubos de perfuração.

As tarifas anunciadas pelo México, como a da carne suína, miram em setores politicamente sensíveis nos Estados Unidos, onde está parte da base de eleitores do presidente Donald Trump, que depende das exportações, alertaram especialistas.

Enquanto isso, as tarifas dos Estados Unidos provocarão uma queda do preço do aço, já que o país é o maior consumidor do mundo.

"O México pode ajustar a composição da lista de produtos originários dos Estados Unidos aos quais será acrescentada uma taxa do imposto geral de importação", insistiu o Ministério em nota.

Diante dos novos impostos dos Estados Unidos, se prevê um aumento substancial de exportações de países provedores dos Estados Unidos "a nosso país, junto com uma queda nos preços e um desvio do comércio pelo aumento da oferta mundial de aço que aquele país deixará de consumir", destacou a nota da pasta.

Nesta segunda-feira, o México anunciou que vai apresentar uma demanda contra os Estados Unidos diante da Organização Mundial do Comércio (OMC), depois de o presidente Donald Trump ter decidido não prolongar a isenção temporária dada ao país, além de Canadá e União Europeia, sobre as importações de aço e alumínio.

O México tinha adiantado que, em represália, aumentaria os impostos sobre carne bovina e uvas dos Estados Unidos.

Canadá e UE já tinham denunciado os Estados Unidos na OMC.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos