IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Primeiro-ministro do Canadá anuncia ampliação de oleoduto polêmico

18/06/2019 20h10

Ottawa, 18 Jun 2019 (AFP) - O governo do Canadá aprovou nesta terça-feira obras para ampliar o oleoduto Trans Mountain até a costa oeste do país, decisão desejada pela indústria do petróleo, mas muito criticada por ambientalistas.

O anúncio era esperado desde que o Executivo nacionalizou o oleoduto no ano passado, pagando 4,4 bilhões de dólares canadenses (cerca de 3,3 bilhões de dólares).

"Hoje eu anuncio que nosso governo aprovou o projeto de expansão Trans Mountain", disse o primeiro-ministro, Justin Trudeau, acrescentando que as obras começarão no verão boreal.

O projeto busca triplicar a capacidade do gasoduto inaugurado em 1953 para transportar 890 mil barris de petróleo por dia por uma rota de 1.150 km entre a província de Alberta, que possui a terceira reserva mundial de petróleo, e a periferia de Vancouver, de onde o petróleo bruto será exportado para a Ásia.

Trudeau justificou sua decisão argumentando que a exportação de petróleo para a Ásia reduzirá a dependência do Canadá em relação ao mercado norte-americano e que o transporte de petróleo por meio de oleodutos é muito mais seguro do que o transporte ferroviário.

jl/et/iba/gma/yow/cc

Economia