IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Indústria manufatureira global tem dobro de robôs que há duas décadas

15/07/2019 17h24

Washington, 15 Jul 2019 (AFP) - O uso de robôs na indústria manufatureira quase quadruplicou nas duas últimas décadas nos Estados Unidos e duplicou no resto do mundo, substituindo algumas categorias de trabalhadores, assegurou um informe publicado nessa segunda-feira (15).

Desde 2017, a automatização nos Estados Unidos aumentou em 1,8 robôs por cada 1.000 trabalhadores, enquanto que há 22 anos esse número era de 0,5 robôs, de acordo com o relatório do Federal Reserve de St. Louis.

O setor que emprega mais robôs é o automotivo, com a França em primeiro lugar, seguido de Estados Unidos e Alemanha.

A automatização reduziu o número de postos de concorrência média, enquanto que aumentou os de concorrências alta e baixa.

A França lidera o processo de automatização para fabricar carros, já que utiliza 148 robôs para cada 1.000 empregados. Nos Estados Unidos o número é de 136, enquanto Itália e Alemanha empregam, cada um, 120 robôs por 1.000 funcionários, indicou o estudo.

O informe determinou que Itália e Alemanha estão à frente dos Estados Unidos no uso de tecnologias robóticas em todas as indústrias manufatureiras.

"França, e a média de países como Espanha, Reino Unido e Suécia estavam à frente dos Estado Unidos e no final da década de 1990 e inícios de 2000, mas na última década parece que os Estados Unidos os superaram", apontou.

Mais Economia