PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

AB InBev tem lucros em alta no 2o. trimestre e prevê forte crescimento

25/07/2019 09h12

Bruxelas, 25 Jul 2019 (AFP) - A cervejaria belga-brasileira AB InBev, líder mundial no setor, anunciou nesta quinta-feira um aumento no lucro líquido no segundo trimestre e continua esperando um forte crescimento de seus negócios em 2019.

De abril a junho, o grupo gerou um lucro líquido de 2,47 bilhões de dólares, 14% a mais do que no segundo trimestre de 2018.

O superávit operacional bruto (EBITDA), que serve de referência para as projeções internas, aumentou 9,4% no trimestre.

As vendas permaneceram estáveis, de US$ 13,99 bilhões no segundo trimestre de 2018 a US$ 13,96 bilhões neste ano.

"Em 2019, continuamos a esperar um forte crescimento do produto e EBITDA, impulsionado pelo bom desempenho do nosso portfólio de marcas e programas comerciais eficazes", disse o grupo em comunicado.

A AB InBev, que possui 500 marcas de cerveja em todo o mundo, incluindo a Budweiser, Stella Artois e Corona, se encontra altamente endividada desde a aquisição do concorrente da SABMiller em 2016.

Em 30 de junho, a dívida totalizava US$ 104,2 bilhões, inalterada em relação a 31 de dezembro de 2018.

Essa dívida forçou a cervejaria a anunciar a venda de suas operações na Austrália para o grupo japonês Asahi Holdings na semana passada por 11,3 bilhões de dólares.

"Esperamos que nosso índice de endividamento seja reduzido até o final de 2019", disse o grupo em seu comunicado à imprensa.

A AB InBev também continua considerando a introdução na bolsa de valores de Hong Kong de sua divisão Ásia-Pacífico, "excluindo a Austrália e desde que possa ser concluída com uma avaliação apropriada".

A empresa, com sede na cidade belga de Leuven - cerca de 30 km a leste de Bruxelas - já havia pensado em tal introdução com o objetivo de levantar entre 9 e 11 bilhões de dólares, antes de desistir pela ausência de interesse dos investidores.

zap/ved/al/cn