PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Corpo de magnata indiano desaparecido é encontrado

31/07/2019 08h26

Nova Délhi, 31 Jul 2019 (AFP) - O corpo do bilionário indiano dono da cadeia Coffee Coffee Day, uma das maiores do mundo, foi encontrado em um rio no sul da Índia, informou a polícia nesta quarta-feira.

V.G. Siddhartha, de cerca de sessenta anos, foi visto pela última vez na segunda-feira por seu motorista, andando em uma ponte no estado de Karnataka (sul da Índia).

Depois de um certo tempo, vendo que ele não retornava, o motorista alertou as autoridades. Mergulhadores da polícia, ajudados por pescadores locais, vasculharam as águas do rio Nethravathi, perto da cidade de Mangalore. Foi um pescador que encontrou o corpo nas margens do rio.

"O corpo de Siddharta foi encontrado esta manhã", disse à AFP o vice-comissário da polícia de Karnataka, Sasikanth Senthil. "Nós enviamos o corpo para a necrópsia e estamos aguardando os resultados".

Segundo a imprensa local, V.G. Siddhartha estava em um estado depressivo devido a problemas financeiros.

Vários meios de comunicação publicaram uma carta de Siddhartha dirigida aos acionistas de suas empresas lamentando abandonar "as pessoas que confiaram nele".

"Lutei por muito tempo, mas hoje abandonei a luta porque não aguentei mais a pressão de um dos sócios que me forçava a comprar suas ações", diz a carta, que parece uma despedida.

A família de V.G. Siddhartha, presente no comércio de café há 130 anos, possui 12.000 hectares de plantações e sua sociedade Amalgamated Bean Company (ABC) é a principal exportadora de café verde (não torrado) da Índia.

Em 1996, lançou a cadeia Café Coffee Day, com 1.700 lojas na Índia e também na Malásia, Egito, República Tcheca e Áustria.

A Coffee Day Enterprises, cuja ação perdeu 20% de seu valor nesta terça-feira após a notícia do desaparecimento de Siddhartha, disse que "garantirá a continuidade dos negócios".

vm-ja/tw/rma/mar