IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Tencent negocia a compra de 10% da Universal Music

06/08/2019 06h37

Paris, 6 Ago 2019 (AFP) - O grupo chinês de internet Tencent está negociando a compra de 10% do capital do Universal Music Group, uma das maiores gravadoras do mundo, informou nesta terça-feira o conglomerado francês de comunicação Vivendi, proprietário da empresa.

De acordo com a Vivendi, a Tencent poderia investir até seis bilhões de euros em dois pagamentos.

Em um primeiro momento, o grupo chinês faria um "investimento estratégico de 10% do capital do UMG", com base no valor total da empresa de 30 bilhões de euros, informou a Vivendi em um comunicado.

A Tencent também teria uma "opção de compra de um ano para adquirir uma participação adicional de 10% com o mesmo preço e nas mesmas condições".

O conglomerado francês informou ainda que está examinando com a Tencent "diferentes âmbitos de cooperação comercial" para permitir que o UMG "se beneficie das oportunidades de crescimento oferecidas pela digitalização e a abertura de novos mercados".

A Vivendi anunciou em julho de 2018 que cogitava vender até 50% do capital de sua empresa de música, para qual afirmou que procurava "um ou vários sócios estratégicos".

De modo paralelo às discussões com a Tencent, a "Vivendi continua com o processo de venda de uma participação minoritária adicional do UMG a outros sócios potenciais", informou a empresa.

O UMG registrou um volume de negócios de 3,3 bilhões de euros no primeiro semestre de 2019, o que representa 44% do conjunto do grupo Vivendi.

jvi/soe/mcj/jvb/pc/fp

Tencent

VIVENDI

Economia