IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Ex-banqueiro suíço do HSBC é condenado por fraude fiscal na França

07/08/2019 15h10

Paris, 7 Ago 2019 (AFP) - Peter Braunwalder, ex-diretor da filial suíça do banco HSBC, foi condenado em janeiro em Paris por responsabilidade na evasão fiscal de milhares de contribuintes franceses em 2006 e 2007, segundo decisão judicial revelada nesta quarta-feira (7) pela Bloomberg e consultada pela AFP.

Através de um procedimento de "se declarar culpado", Braunwalder, de 68 anos, ex-diretor-geral do HSBC Private Bank, aceitou pagar 500 mil euros de multa e cumprir um ano de prisão por ocultamento de fraude discal e vendas ilícitas por parte de residentes franceses.

A chamada "lista Falciani" permitiu identificar em 2009 pelo menos 127 mil contas bancárias de 79 mil pessoas de 180 nacionalidades diferentes.

O governo francês estimou em "pelo menos 1,67 bilhão de euros" o montante sonegado de forma fraudulenta com ajuda do banco.

A pena aplicada a Braunwalder foi aprovada pela Justiça de Paris em 29 de janeiro.

bl/sva/lp/sg/age/mb/ll/mvv

Economia