PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Rússia e Arábia Saudita fecham acordo petrolífero

14/10/2019 14h19

Riade, 14 Out 2019 (AFP) - Rússia e a Arábia Saudita selaram um acordo petrolífero nesta segunda-feira e pediram maior cooperação em todos os níveis, na ocasião de uma visita do presidente russo Vladimir Putin a Riade.

No final de um encontro entre Putin e o rei Salman, foram assinados acordos e contratos sobre espaço, cultura, saúde, tecnologias mais recentes e agricultura, que preveem investimentos de bilhões de dólares.

Entre os acordos está a carta de cooperação "Opep+", nome que agrupa os 14 países da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e dez países não membros.

Este documento crucial busca "fortalecer a cooperação] e apoiar ainda mais a estabilidade dos mercados de petróleo", disse o ministro da Energia saudita, Abdulaziz bin Salman, durante uma cerimônia solene diante do rei Salman e Putin.

A Arábia Saudita, líder da Opep e a Rússia - que não pertence ao cartel - cooperaram estreitamente nos últimos anos para limitar a oferta e tentar fazer os preços subirem.

A última prorrogação das reduções de produção, decidida pela "OPEP+", expira no final de março de 2020.

Moscou e Riade, aliado tradicional dos Estados Unidos, demonstraram uma maior aproximação últimos anos, marcado especialmente por uma visita à Rússia do rei Salman em outubro de 2017.

Um ano depois, quando Mohammed bin Salman era alvo de críticas após o assassinato do jornalista saudita Jaman Kashoggi na Turquia, Putin saudou o príncipe herdeiro com um intenso aperto de mãos diante de dirigentes do G20.

mp/aem/mh/all/jvb-bc/mb/cc