PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Greenpeace bloqueia refinaria da Total na França que utiliza óleo de palma

29/10/2019 07h34

La Mède, França, 29 Out 2019 (AFP) - Ativistas da ONG Greenpeace bloqueavam nesta terça-feira a entrada de uma refinaria no sul da França, na qual o grupo Total produz combustíveis a base de óleo de palma, considerado uma das principais causas do desmatamento.

Com ajuda de contêineres, quase 50 ativistas bloquearam a entrada da refinaria da cidade de La Mède, perto de Marselha. Dois deles se acorrentaram aos contêineres.

Os ativistas desejam alertar a população sobre o uso do óleo de palma, um produto acusado de provocar um grande desmatamento, principalmente no Sudeste Asiático.

"Desmatamento made in France" e "Emmanuel Macron cúmplice", afirmavam duas faixas exibidas pelos ativistas.

A refinaria de La Mède, uma das maiores da Europa, importa 550.000 toneladas de óleo de palma, de acordo com Clément Sénéchal, diretor da campanha sobre o clima e as florestas do Greenpeace França.

Os biocombustíveis a base de milho, cana de açúcar e de óleo de palma pareceram, a princípio, uma boa ideia para substituir os poluentes combustíveis fósseis.

Mas a energia necessária para transformar e transportar os biocombustíveis afeta na realidade o propósito inicial de preservar o meio ambiente.

Indonésia e Malásia são os maiores produtores de óleo de palma e dominam praticamente todo o mercado, mas o crescimento da demanda está ampliando o cultivo em todo o planeta. A Colômbia é a quarta maior produtora.

mbh-meb/bl/fp