PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Monsanto é alvo de 42.700 ações judiciais pelo uso do glifosato

30/10/2019 06h02

Frankfurt am Main, 30 Out 2019 (AFP) - As ações judiciais contra a Monsanto pelo herbicida glifosato nos Estados Unidos alcançaram em outubro a marca de 42.700, anunciou nesta quarta-feira o grupo alemão Bayer, que em junho de 2018 comprou a empresa americana de pesticidas e sementes.

No fim de julho, o balanço apresentado pela Bayer citava 18.400 demandas.

O aumento expressivo foi motivado pela intensificação da publicidade na TV dos advogados em busca de denunciantes, informou o grupo alemão.

Até o momento, a Bayer foi condenada em três processos na Califórnia que a obrigam a indenizar pessoas que têm câncer.

A Bayer, no entanto, vai apelar contra as sentenças por considerar que nenhuma agência reguladora no mundo determinou que o glifosato, à venda desde a década de 1970, é perigoso para a saúde.

Ao mesmo tempo, a empresa alemã afirma que participa "de forma construtiva" no processo de mediação ordenado por um juiz federal da Califórnia, o que permitiria, em caso de êxito, evitar longos processos judiciais.

A Bayer comprou a Monsanto por 63 bilhões de dólares, o maior investimento da história da empresa.

ys/jpl/lth/zm/bl/fp

Bayer

Monsanto